Escola do Riacho Fundo concorre a prêmio em Abu Dabi

Projeto de sustentabilidade do Centro Educacional Agrourbano Ipê, no Riacho Fundo II, concorre a prêmio em Abu Dabi, nos Emirados Árabes Unidos. Trata-se da Zayed Future Energy Prize.

A instituição desenvolveu um sistema integrado na escola com painéis fotovoltaicos, coleta de água da chuva, tratamento de esgoto e agrofloresta.

Um dos idealizadores é o aluno Odair Bernardes, de 18 anos. “Tenho um primo que fez um curso sobre energia solar e acompanhei de perto. Na hora pensei que o telhado da escola poderia abrigar muitos painéis daqueles.”

Ele vai a Abu Dabi participar da premiação acompanhado da diretora da escola, Sheila Pereira Mello, e da vice-diretora, Gedilene Lustosa. O grupo embarca na sexta-feira (12).

A ideia é que o sistema desenvolvido pelos alunos seja implementado em pelo menos três chácaras da região para disseminar a prática sustentável.

“É uma forma de dar continuidade às nossas pesquisas e ajudar famílias de estudantes”, acredita Odair, que pretende cursar engenharia ambiental.

A escola compete com outras duas instituições de ensino na América do Sul, sendo uma de São Paulo e outra do Paraguai. A vencedora ganhará até US$ 100 mil para desenvolver trabalhos ligados à energia e sustentabilidade.

Além da possibilidade do prêmio, a experiência de conhecer outro país é muito comemorada pelo estudante. “Nunca fui além de Goiás, quanto mais a um lugar com cultura tão diferente. Estou muito ansioso”, anima-se Odair.

O grupo, que retorna no dia 20, vai visitar parques temáticos e cidades que usam energia sustentável, como Dubai.

 

FONTE: Agência Brasília


Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *