Faltando 1 ano de mandato, Rollemberg deixa ‘pistas’ de que vai tentar reeleição

Fazendo um balanço do terceiro ano de gestão à frente do governo do Distrito Federal, Rodrigo Rollemberg (PSB) soltou “pistas” de que tentará a reeleição em 2018. Ao destacar as conquistas, o governador não poupou termos como “esse primeiro mandato”, deixando no ar que almeja outro.

“Brasília vai ser uma cidade equilibrada do ponto de vista econômico e com todos os serviços públicos funcionando”, continuou Rollemberg.

Questionado pelo G1 para dar uma nota para este ano de governo, ele evitou responder. “Quem tem que dar essa nota é a população. E ela tem que dar essa nota no momento adequado”, declarou.

A mesma pergunta foi feita em outros anos pelo G1. Sobre 2015, ele atribuiu ao próprio governo a nota 7. No ano seguinte, no entanto, também preferiu não responder.

Investimentos

O governador prometeu para o último ano de gestão um investimento de R$ 1,5 bilhão – isso respresenta 3,5% do total do orçamento para 2017.

Juntando os três primeiros anos, o montante investido foi de R$ 2,5 bilhões. Na prática, o governador pretende investir em um único ano mais da metade (60%) do que foi investido nos últimos três.

Como avanço neste ano de governo, Rollemberg mencionou alguns destaques: a desobstrução da orla do Lago Paranoá, a política de regularização de terras, o processo para desativar o lixão da Estrutural, a implantação do Bilhete Único, a criação de novas estações de captação de água e a mudança para o modelo “saúde da família”.

“Apesar de todas as dificuldades financeiras, soubemos priorizar a utilização dos recursos de investimentos”, declarou o governador.

A área da saúde é justamente o que ele enfatizou como principal desafio para o ano que vem. A previsão é de entregar a mudança na gestão do Hospital de Base, inaugurar o Hospital da Criança e ampliar o saúde da família.

FONTE: G1/DF


Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *