Passe livre será liberado neste domingo (5) para alunos que vão fazer o Enem

O Passe Livre Estudantil será liberado para uso neste domingo (5) e no próximo (12) em razão do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Os estudantes que forem fazer a prova e precisarem utilizar o transporte público terão acesso gratuito pelo sistema.

Normalmente, o cartão é bloqueado fora dos dias letivos. Além da liberação, o Transporte Urbano do Distrito (DFTrans) reforçará algumas linhas de ligação entre as regiões administrativas para quem for à prova fora do local onde mora.

Os ônibus circularão com a escala de domingos e feriados, de 40% da frota, com possibilidade de aumentá-la nos horários de pico, a partir das 12 horas — quando os portões das escolas se abrem para o Enem — e das 18 horas.

“São cerca de 30 linhas que vão receber o reforço, além das que operam normalmente aos domingos”, ressaltou o secretário de Mobilidade, Fábio Damasceno, em entrevista coletiva no Palácio do Buriti na manhã desta sexta-feira (3).

O metrô também funcionará em horário especial no dia 5. Os trens serão operados das 8 às 20 horas. Normalmente, a frota circula das 7 às 19 horas, período de operação que será mantido no segundo domingo de prova. O exame do Enem termina às 19 horas no dia 5 e às 18 horas no dia 12.

“Os estudantes devem chegar com antecedência, pois o trânsito fica congestionado nos arredores dos locais de prova. Após as 13 horas, os portões não abrem novamente”, enfatizou o secretário de Educação, Júlio Gregório.
A mudança visa atender aos usuários que ficarem até o final do exame nacional. Escolas que passam por racionamento receberão água de caminhões-pipa.

Neste ano, o Enem será feito em dois domingos seguidos — 5 e 12 de novembro — e não mais apenas em um final de semana. A decisão ocorreu após consulta pública.

No Distrito Federal, haverá 167 pontos de provas, sendo 120 escolas públicas e as quatro unidades do Instituto Federal de Brasília (IFB) cedidas para a aplicação da prova. Ao todo, 125 mil estudantes vão fazer o Enem no DF.

Um total de 17 escolas em Planaltina, outras 17 em Sobradinho e duas em São Sebastião vão estar em período de racionamento e serão reforçadas com água potável de caminhões-pipa no sábado (4).

Simulados e aulões na preparação dos inscritos
Com o programa #BoraVencer, a Secretaria de Políticas para Crianças, Adolescentes e Juventude preparou cerca de 20 mil alunos para o Enem. Foram cinco encontros com aulas de histórias, ciências naturais, matemática e redação.
A expectativa da pasta é que, neste ano, mais de mil estudantes do Distrito Federal passem para universidades públicas com a nota do Enem. No ano passado, 759 conseguiram uma vaga no ensino superior.

A Secretaria de Educação também promoveu um simulado em agosto. O evento contou com a participação de aproximadamente 18 mil estudantes do terceiro ano do ensino médio e da educação de jovens e adultos (EJA).

Um efetivo de 350 policiais militares vai trabalhar na operação de segurança do Enem. As ações começam cedo, com a escolta na distribuição das provas. Além disso, haverá viaturas nos 167 pontos de prova.

“Pela manhã, nossas equipes buscarão as dos Correios e farão juntas a distribuição nas escolas. À noite, acompanharemos o recolhimento e as acompanharemos até o aeroporto”, explicou o comandante-geral da Polícia Militar do DF, Marcos Antônio Nunes.

Após a preparação ao longo do ano, a Gerência de Programas e Projetos Especiais da Secretaria de Educação alerta os candidatos para os seguintes pontos importantes:

1- Local de prova

Verifique se a instituição em que fará a prova só tem uma unidade. Muitos estudantes confundem os locais e acabam parando em unidades erradas. É importante consultar o percurso que fará nos dias de aplicação do exame, de acordo com o transporte escolhido. Se puder, visite o local com antecedência.

2- Atenção para os horários

Nos dias do Enem, os portões de acesso aos locais de prova serão abertos às 12 horas e fechados às 13 horas, de acordo com o horário oficial de Brasília. Recomenda-se chegar ao local da prova até as 12 horas.

3- Identificação do participante

É obrigatória a apresentação de via original de documento oficial de identificação com foto para fazer as provas.

4- Para a prova

O estudante tem que levar caneta esferográfica de tinta preta, fabricada em material transparente.

 

FONTE: Agência Brasília


Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *