Número alto de apreensão de armas preocupa PMDF

PMDF/Divulgação

A Policia Militar do Distrito Federal está preocupada com o aumento do número de armas já apreendidas pela corporação este ano. Até o dia 8, foram 48. A quantidade mantém a média de 6 por dia dos anos anteriores (2015 e 2016).

Aparece em primeiro no topo da lista de apreensão os revólveres, de fabricação nacional. Em seguida as pistolas, Fechando o pódio com as espingardas.

Qual o motivo da preocupação? E que entra o terceiro ano seguinte com uma média muito alta, segundo a instituição. Ceilândia aparece como a cidade onde mais a PM apreende.

Assim que chegam à PM, as armas vão para o processo (cadastro e outras informações a mais) e depois são destruídas.

Crimes

Uma das armas já apreendidas foi a que matou a professora Raquel Costa Miranda, 41 anos, em um latrocínio (roubo com morte) no Gama, por volta das 10h40 da última quarta-feira, 4.

O suspeito do crime foi preso na madrugada de sábado, 7, em uma casa num matagal, próximo a DF 180, na Ponte Alta Norte. ele foi localizado após informações apuradas pelo serviço de inteligência da PMDF.


Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *