No CE, Fraga encontra cenário caótico para agentes

Antonio Augusto / Câmara dos Deputados
Antonio Augusto / Câmara dos Deputados

Uma comitiva de deputados federais visitou presídios em Itaitinga/CE e encontraram um cenário bem caótico para quem trabalha por lá. Os relatos, ouvidos pelos parlamentares na manhã desta quarta-feira, 10, mostram as principais dificuldades encontradas para a atuação dos profissionais.

Segundo os agentes, há falta de material como armas, coletes e munição, além da falta de estrutura de trabalho para realizar vistorias das visitas e evitar que os visitantes tragam objetos proibidos.

Além desses problemas, os deputados encontraram problemas ainda mais grave. Segundo Alberto Fraga, do DEM, Parlamentares federais e estaduais são ameaçados frequentemente, e policiais militares são vítimas da ação de facções criminosas e grupos de extermínio.

O coordenador-geral do Sistema Penitenciário, Edmar de Oliveira Santos, estava com a comitiva. As visitas foram nas Casas de Privação Provisória de Liberdade (CPPL I, II, III, IV e V), o IPPO 2 e o Centro de Triagem.

“A situação do sistema prisional do Ceara é caótica, mais de mil presos fugiram apenas em 2016. Além disso, o crime organizado tem depredado as unidades, orquestrando atentados contra instituições de segurança pública e por meio de cartas e vídeos em redes sociais, assumem a autoria dos ataques” detalha Fraga.


Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *