Judiciário paga caro por lanche de magistrados, segundo levantamento

TJDFTCom informações do Contas Abertas

Segundo dados do Contas Abertas, o Tribunal de Justiça do Distrito Federal (TJDFT) irá desembolsar R$ 400,5 mil com frutas, verduras e legumes. Desse montante, R$ 317,5 mil se destinam ao fornecimento de lanches aos Magistrados, Tribunal do Júri e demais demandas da administração superior doa Corte.

Ainda de acordo com a entidade, o restante dos recursos, R$ 83 mil, foram empenhados pelo Tribunal para a contratação de empresa especializada para fornecimento de produtos perecíveis hortifrutícolas (frutas, verduras e legumes) para o exercício de 2016. Esses recursos, no entanto, deverão atender à alimentação de bebês ao Programa de Assistência Materno Infantil, referente ao exercício de 2016.

O Programa de Assistência Materno-Infantil do TJDFT – Proami foi criado com o objetivo de orientar e preparar a mãe magistrada, servidora ou ocupante de cargo de natureza especial durante a gestação, além de oferecer apoio na fase de readaptação ao trabalho, disponibilizando berçários para bebês com até 1 ano e 2 meses de idade. Em junho de 2015, o Proami completou 10 anos de apoio e cuidados aos bebês e servidoras da Casa.

 

 


Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *