Para distrital, não são apenas os R$ 25 mi nas Olimpíadas

Silvio Abdon/CLDF

O Diário Oficial do Distrito Federal trouxe a público nesta terça-feira, 17, a divulgação da lei que isenta todos os serviços realizados em relação a realização das Olimpíadas e Paralimpíadas de 2016 do Imposto Sobre Serviços (ISS). Essa isenção vale a partir de hoje e vai até sessenta dias depois do fim da competição.

Ontem, o governador Rodrigo Rollemberg assinou acordo que prevê o investimento de R$ 25 milhões para revitalizar alguns estádios e centros esportivos do DF. Quando essa proposta chegou à Câmara Legislativa, vários deputados criticaram o texto do PL. Robério Negreiros (PMDB) foi um deles.

Segundo o parlamentar, fala-se apenas nos R$ 25 milhões, mas o governo não deixa claro para a população, que o fato de se isentar impostos, quer dizer que o DF deixará de arrecadar. Ou seja, menos dinheiro em caixa.

Lei ISS


Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *